fechar

MSN Repórter

O Vooz quer escrever notícias para você e por isso abriu o canal Repórter Vooz onde você entra em contato diretamente com nossa equipe por MSN e participa do Vooz.

  • Sugira assuntos e enquetes;
  • Envie matérias;
  • Complemente com informações, fotos ou vídeos;
  • Tire dúvidas;
  • Tenha seu nome na equipe do Vooz e ganhe visibilidade no mercado;

msn@vooz.com.br


Cenas inéditas do assalto ao BB em Santa Luzia do Paruá

Publicado em 08/03/2010 às 09h07

A ‘Reportagem da Semana’, do Domingo Espetacular, da Rede Record, mostrou imagens inéditas do cerco promovido por policiais federais a assaltantes de banco na cidade de Santa Luzia do Paruá, no Maranhão.

No confronto, os assaltantes levaram a pior porque não imaginavam que a PF já estava monitorando o bando há alguns dias. Ao final do confronto, seis assaltantes foram mortos. Um segurança do banco também morreu. Várias pessoas, feitas reféns, funcionando como escudos humanos, saíram feridas.

O vídeo mostra o momento do cerco policial e da troca de tiros, além do desespero das pessoas que procuravam se refugiar em qualquer lugar. Foram momentos de pânico. Confira.


Fonte: Blog do Gilberto Lima

Contato: redacao@vooz.com.br

Keywords: Polícia Federal, assalto, Rede Record, Domingo Espetacular, 7 mortos, santa luzia do paruá


O que você achou dessa notícia?

Avalie aqui:

Média de avaliações

0 votos
Deixe seu comentário pelo facebook:
Deixe seu comentário pelo facebook
Deixe seu comentário: Deixe seu comentário

O comentario não pode ser vazio.


O nome não pode ser vazio.


O email não pode ser vazio.

O Estado não pode ser vazio.

A cidade não pode ser vazia.
Envie essa notícia para um amigo:
Envie essa notícia para um amigo


Exemplo: nome@example.com. Para enviar para mais de uma pessoa, separe os endereços por vírgulas

Informe o seu nome

Informe o seu endereço de e-mail

O comentario não pode ser vazio.
Comunicar erro na notícia:
Comunicar erro na notícia


Informe o seu nome

O email não pode ser vazio.

Descreva o que há de errado com esta notícia