fechar

MSN Repórter

O Vooz quer escrever notícias para você e por isso abriu o canal Repórter Vooz onde você entra em contato diretamente com nossa equipe por MSN e participa do Vooz.

  • Sugira assuntos e enquetes;
  • Envie matérias;
  • Complemente com informações, fotos ou vídeos;
  • Tire dúvidas;
  • Tenha seu nome na equipe do Vooz e ganhe visibilidade no mercado;

msn@vooz.com.br


Greve dos bancos sem previsão de acabar

Atualizada em 28/09/2009 às 04h40

 Desde o último dia 24, foi deflagrada greve dos bancários em nível nacional. Eles estão pleiteando um aumento de 10% em seus salários, três salários mínimos brutos de PL (participação nos lucros), bem como um piso salarial de R$ 2.047,00. Hoje o piso salarial é de R$ 1.013,00. A FEBRABAN (Federação Brasileira de Bancos) oferece apenas 4,5% de aumento salarial e nenhum aumento no piso salarial. Não há previsão de encerramento desse movimento.
Dia 19 de fevereiro de 2009, o Banco do Brasil anunciou seus resultados de 2008: lucro bruto de R 8,8 bilhões (aumento de 74% em relação a 2007), saldando líquido R$ 6,68 bilhões. Somente nos últimos três meses de 2008, teve um aumento nas suas receitas de 142% em relação ao mesmo período de 2007. Os outros bancos tiveram um lucro mais “modesto”, a saber: Banco Itaú: Lucro bruto de R$ 8,474 bilhões; Bradesco: R$ 7,62 bilhões; Santander R$ 1,58 bilhão, e a Caixa Econômica Federal teve um lucro bruto de R$ 3,9 bilhões (aumento de 62,3% em relação a 2007)(G1.Globo.com).
Segundo o Economista Eduardo Sales de Lima, no “blog” do PDT,” o lucro maior do Banco do Brasil é devido o “spread”, ou seja, a diferença entre os juros pagos para obter empréstimos (dinheiro) e a taxa cobrada para oferecer créditos (empréstimos).Ao longo de 2008, os brasileiros pagaram um spread médio de 26,6 pontos percentuais. Em dezembro, o índice chegou a 30,6%. A média praticada em outros 42 países pesquisados pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), que representam mais de 90% do PIB mundial, é de três pontos percentuais”.
Agora nós é que seremos prejudicados pela insensatez dos banqueiros. Com lucros tão exorbitantes como vimos acima, não querem que seus funcionários participem desse sucesso financeiro. Ganham um péssimo salário e são cobrados de forma ferrenha. Quem trabalha em instituição bancária sofre “pressão psicológica” muito maior do que em outro tipo de trabalho. Isso devido trabalhar com dinheiro alheio, por sinal, muito dinheiro.
Com essa greve não sabemos nós quando receberemos nossos salários, e nosso dinheiro ficará retido por tempo indeterminado. Toda a economia do país pára e todos nós ficamos “parados” também. Como passaremos sem dinheiro?



Fonte: G1.Globo.com



Keywords: Greve dos bancos



O que você achou dessa notícia?

Avalie aqui:

Média de avaliações

0 votos
Deixe seu comentário:
Deixe seu comentário pelo facebook
Deixe seu comentário

O comentario não pode ser vazio.


O nome não pode ser vazio.


O email não pode ser vazio.

O Estado não pode ser vazio.

A cidade não pode ser vazia.
Envie essa notícia para um amigo:
Envie essa notícia para um amigo


Exemplo: nome@example.com. Para enviar para mais de uma pessoa, separe os endereços por vírgulas

Informe o seu nome

Informe o seu endereço de e-mail

O comentario não pode ser vazio.
Comunicar erro na notícia:
Comunicar erro na notícia


Informe o seu nome

O email não pode ser vazio.

Descreva o que há de errado com esta notícia

0 comentários, 0 respostas