fechar

MSN Repórter

O Vooz quer escrever notícias para você e por isso abriu o canal Repórter Vooz onde você entra em contato diretamente com nossa equipe por MSN e participa do Vooz.

  • Sugira assuntos e enquetes;
  • Envie matérias;
  • Complemente com informações, fotos ou vídeos;
  • Tire dúvidas;
  • Tenha seu nome na equipe do Vooz e ganhe visibilidade no mercado;

msn@vooz.com.br


Ajude a AMHOR a receber as doações arrecadadas pelo GP Corrida de Rua

Atualizada em 04/05/2012 às 15h53

A Associação de Portadores de Mielomeningocele, Hidrocefalia e Transtornos Neurológicos Orando por Recuperação (AMHOR) é uma instituição filantrópica, sem fins lucrativos que auxilia os familiares das crianças portadoras destas doenças. A instituição precisa de sua ajuda para continuar exercendo seus trabalhos e cada contribuição será bem vinda.

No último final de semana foi realizado “GP Teresina Corrida de Rua”, que além de incentivar a prática de esportes veio com o intuito de arrecadar alimentos não perecíveis e doar para ajudar instituições carentes de Teresina.   

 Com isto a AMHOR foi uma das selecionadas para que assim pudesse, através de votação, receber os alimentos arrecadados.

A votação está ocorrendo no Portal da Clube e a AMHOR conta com sua colaboração. Vote!
Imagem: Cida Cardosoa(Imagem:Cida Cardoso)



Fonte: Cida Cardoso/Ester Sousa



Keywords: votação, amhor



O que você achou dessa notícia?

Avalie aqui:

Média de avaliações

0 votos
Deixe seu comentário:
Deixe seu comentário pelo facebook
Deixe seu comentário

O comentario não pode ser vazio.


O nome não pode ser vazio.


O email não pode ser vazio.

O Estado não pode ser vazio.

A cidade não pode ser vazia.
Envie essa notícia para um amigo:
Envie essa notícia para um amigo


Exemplo: nome@example.com. Para enviar para mais de uma pessoa, separe os endereços por vírgulas

Informe o seu nome

Informe o seu endereço de e-mail

O comentario não pode ser vazio.
Comunicar erro na notícia:
Comunicar erro na notícia


Informe o seu nome

O email não pode ser vazio.

Descreva o que há de errado com esta notícia

0 comentários, 0 respostas